Av. Paulista, 1471 • cjs. 903 e 904 • São Paulo/SP

Tel: 55 11 3266.6762 | 11 97950.7367

Serviços

Constituição de Instituições Financeiras

A SCERTUS Consultoria por meio da sua experiência e conhecimento sobre o mercado financeiro desenvolveu uma metodologia própria que vem apresentando um consistente histórico de sucesso na montagem das seguintes instituições financeiras: (Agência de Fomento, Banco Comercial, Banco Cooperativo, Banco Múltiplo, Banco de Desenvolvimento, Banco de Investimento, Companhia Hipotecária, Cooperativa de Crédito, Sociedade Corretora de Câmbio, Sociedade Corretora de Títulos e Valores Mobiliários, Sociedade Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários, Sociedade de Arrendamento Mercantil (Leasing), Sociedade de Crédito ao Microempreendedor, Sociedade de Crédito, Financiamento e Investimento (Financeira) e Sociedade de Crédito Imobiliário).

Esta metodologia prevê 10 fases divididas em duas etapas, sendo a 1ª etapa  focada na obtenção da autorização de Constituição da Instituição Financeira junto ao órgão regulador e a 2ª etapa focada na sua estruturação até o seu pleno funcionamento. Nossa competência, nos permite atuar desde o planejamento estratégico, passando pela estrutura organizacional, a implementação dos processos, a área operacional (Back-Office) até a seleção e implantação de soluções de tecnologia para Administradoras de Cartão não será utilizada a etapa da metodologia referente ao pedido de autorização ao Banco Central do Brasil. A seguir, descrevemos as fases de nossa metodologia: 


Fase 1: Revisão do Planejamento Estratégico: É o passo inicial para elaboração do escopo do projeto. Realizamos a revisão estratégica do modelo de negócio, o desenvolvimento do plano de negócios, o mapa da estratégia, além do estudo de viabilidade econômico-financeira do empreendimento.

Fase 2: Aspectos Legais - Banco Central do Brasil e Órgãos Reguladores: Abrange as documentações necessárias nas fases Pré e Pós-Operacional, com a aprovação e autorização pelos órgãos competentes para o início das atividades da Instituição. Preparamos, entregamos o business plan exigido pela resolução 3040/02 do Banco Central do Brasil, bem como todo o detalhamento existente no SISORF.

Fase 3: Estrutura Organizacional: Consiste na definição do organograma funcional, mínimo necessário para o início das atividades administrativas e operacionais, identificando a "missão" de cada área e resumo das principais atividades, segregando as funções envolvidas, sempre respeitando as resoluções do Banco Central e dos Órgãos Reguladores no tocante a Compliance.

Fase 4: Política de Recursos Humanos: Definição das Políticas de Remuneração e Benefícios, bem como as práticas de remuneração variável. Formalizamos também os cargos, responsabilidades e as atividades de todas as áreas existentes no organograma.

Fase 5: Política de Processos de Crédito e Risco: Elaboramos e/ou analisamos as políticas de crédito da companhia em função dos riscos de liquidez, de mercado, de imagem, dos descasamentos de taxas e prazos e outros riscos envolvidos, sempre dentro das normas estabelecidas e divulgadas pelo Banco Central do Brasil e outros Órgãos Reguladores.

Fase 6: Infraestrutura Tecnológica: Definição ou análise da plataforma tecnológica, planos de contingência, arquitetura e padronização de ferramentas, linguagens, banco de dados e requerimentos funcionais. Efetuamos através de metodologia própria, a análise e indicação de softwarehouses e sistemas no mercado, atendendo as necessidades de integração e adequação aos sistemas legados, nas operações internas e externas do cliente.

Fase 7
: Instalações físicas: É a proposição do layout físico das respectivas áreas envolvidas nos processos, segregando inclusive atividades específicas, conforme exigência do Banco Central e Órgãos Reguladores.

Fase 8: Processos Operacionais – Back Office:Elaboração dos principais processos operacionais, administrativos e de controles, de acordo com as regras de compliance do Banco Central.
Elaboramos os manuais dos produtos e guias de processos, identificando claramente os pontos de controle e risco em cada procedimento envolvido no fluxo de trabalho.

Fase 9: Controles e Contabilidade: Definição dos planos de contas gerenciais, contábeis e dos instrumentos para a gestão de resultados e análise de desempenho. Elaboramos e/ou adequamos os planos de contas e roteiros contábeis aos processos administrativos e operacionais, identificados em cada produto e em cada sistema aplicativo envolvido.

Fase 10: Abertura e Acompanhamento: Após a conclusão das fases anteriores, informamos aos Órgãos Competentes, através dos meios legais, o início das atividades da nova Instituição, efetuando seu acompanhamento por período pré-determinado pelo cliente.

11 3266.6762 • 11 97950.7367        Av. Paulista, 1471 • cjs. 903 e 904 • São Paulo/SP            ® 2011 • todos os direitos reservados • design by ideia on